Saiba como um sistema interno de gestão é essencial para o Business Intelligence da sua empresa

  • O mais novo termo do mercado se refere à combinação da análise gerencial, mineração de dados, visualização de dados e muito mais
O mais novo termo do mercado se refere à combinação da análise gerencial, mineração de dados, visualização de dados e muito mais

O mais novo termo do mercado se refere à combinação da análise gerencial, mineração de dados, visualização de dados e muito mais
crédito: Foto: Freepik
5
julho

Saiba como um sistema interno de gestão é essencial para o Business Intelligence da sua empresa

por: Ponto BR Web

Você sabe o que é Business intelligence, o famoso BI? O mais novo termo do mercado se refere à combinação da análise gerencial, mineração de dados, visualização de dados, ferramentas e infraestrutura de dados e prática recomendadas para ajudar as organizações a tomar decisões impulsionadas por dados. 

Com ele, é possível ter uma visão mais abrangente dos dados da sua empresa e como gerar mudanças positivas para o negócio, eliminando a ineficiência e se adaptando rapidamente às mudanças do mercado. 

Apesar de ter sua fama reconhecida somente nos tempos atuais, o BI é um termo usado há muito tempo, desde 1960. Hoje, tornou- se um recurso com soluções de serviço dependentes da TI. Por isso, prioriza a análise de autoatendimento flexível, dados governados em plataformas confiáveis, a autonomia dos usuários comerciais e o acesso rápido à informação.

Com a evolução da solução, o BI começou a incluir mais processos e atividades para melhorar seu atendimento. Isso inclui: 

  • Mineração de dados: o uso de bancos de dados, estatísticas e aprendizado de máquina para revelar tendências em conjuntos de dados grandes.
  • Geração de relatórios: o compartilhamento de análises de dados com as partes interessadas para que elas possam tirar conclusões e tomar decisões.
  • Benchmarking e métricas de desempenho: a comparação de dados de desempenho atuais e históricos para acompanhar o desempenho em relação às metas, geralmente com o uso de painéis personalizados.
  • Análise descritiva: o uso da análise de dados passados para descobrir o que aconteceu.
  • Consultas: fazendo perguntas específicas aos dados, o BI extrai as respostas dos conjuntos de dados.
  • Análise estatística: a aplicação dos resultados da análise descritiva para explorar os dados em mais profundidade usando conceitos estatísticos (por exemplo, como e por que determinada tendência ocorreu).
  • Visualização de dados: o processo de transformar a análise de dados em representações visuais, como gráficos, diagramas e histogramas, para facilitar o consumo dos dados.
  • Análise visual: a exploração dos dados através de histórias visuais para comunicar informações conforme necessário e manter-se no fluxo da análise.
  • Preparação de dados: o processo de compilar várias fontes de dados, identificar as dimensões/medidas e prepará-las para a análise de dados.

Mas, para fazer uso do BI é necessário um pequeno detalhe que faz toda a diferença: um sistema interno de gestão, ou seja, um software. Antes mesmo de trabalhar com a análise de dados e todas as outras soluções descritas acima, é preciso montar uma ferramenta para que isso seja possível. 

Por isso, antes mesmo de aplicar o BI na sua empresa, é preciso desenvolver um sistema que faça toda a mágica acontecer. A Ponto BR Web pode te ajudar! Nós desenvolvemos sistemas que irão gerar toda a base necessária para aplicação do Business Intelligence. 

 

Leia também:

Quer uma melhor gestão para o seu negócio? Saiba como ter isso na palma da mão

 

Comentários

    Deixe seu comentário

    Seu e-mail não será publicado!

     

     

     

    Quer receber notícias e novidades?

    shape