Somos mulheres e queremos o que? Tecnologia!

  • Uma pesquisa no Reino Unido aponta que apenas uma em cada seis especialistas em tecnologia no país são mulheres
Uma pesquisa no Reino Unido aponta que apenas uma em cada seis especialistas em tecnologia no país são mulheres

Mulheres estão cada vez mais entrando em profissões que eram dominadas por homens.
crédito: Foto: Freepik
8
outubro

Somos mulheres e queremos o que? Tecnologia!

por: Ponto Br Web

A luta por justiça e direitos iguais exigidos pelas mulheres vem de muito tempo. Desde 1911, quando trabalhadoras ecoavam seu grito de guerra em uma fábrica pedindo nada mais nada menos o que lhes era de direito, mulheres vêm reivindicando e ocupando espaços que antes eram preenchidos apenas por homens. 

Algumas áreas, em específico, demoraram anos para aceitar os talentos femininos. Isso é explicado historicamente pela construção de uma sociedade patriarcal, onde o homem sempre foi o provedor da casa enquanto a mulher era responsável por ficar em casa, cuidando dos afazeres domésticos e criando os filhos do casal.

Isso, no entanto, mudou. Mesmo áreas em que poucas mulheres se aventuraram em entrar, hoje estão sendo exploradas pelo profissionalismo feminino. Um deles é o setor de ciência e tecnologia. Mas, ainda que a presença das mulheres seja grande, ainda há uma grande batalha a ser vencida nesses espaços. 

Uma pesquisa da Women in Tech, do Reino Unido, aponta que apenas uma em cada seis especialistas em tecnologia no país são mulheres e uma em cada dez está em cargos de liderança em TI. No Brasil, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), apenas 20% dos profissionais de TI representam a participação feminina.

Ainda segundo a pesquisa britânica, a economia do país poderia, inclusive, se beneficiar se mais mulheres trabalhassem no setor. Isso se dá ao perfil feminino de trabalho, que apresenta melhores habilidades de comunicação - o que há de se combinar que profissionais de TI necessitam urgentemente melhorar , e ideias mais inovadoras. 

Essas características, inclusive, se destacam não somente no trabalho operacional do profissional de TI, mas em cargos de liderança, onde é preciso um pensamento estratégico, humanista, interligado e rápido. Funções naturais que mulheres têm de sobra. 

Ainda há muito a se discutir sobre a inclusão das melhores neste setor. Mas, o que não há como negar é que as mulheres têm entrado com tudo na profissão e ainda vão ocupar muito mais espaço. 

Gostou do conteúdo? A Ponto BR Web tem serviços para diversas empresas que precisam de um sistema completo e tecnológico. Entre em contato, vamos conversar!

 

Leia também: Transformação digital para negócios convencionais é o futuro

 

 

 

Comentários

    Deixe seu comentário

    Seu e-mail não será publicado!

     

     

     

    Quer receber notícias e novidades?

    shape